Programas Obrigatórios:

Exames

ASO - Atestado de Saúde Ocupacional

Admissional

Deve ser realizado antes da admissão do novo funcionário, com a função que o mesmo irá exercer, tanto o clínico (ASO), como os Complementares;

Periódicos

Devem ser realizados anualmente, isto é, doze meses após o Ex. de Admissão, repetindo-se também, os exames complementares;

Retorno ao Trabalho

Deve ser realizado no primeiro dia da volta ao trabalho do trabalhador ausente por período igual ou superior a 30 dias, por motivo de doença ou acidente, de natureza ocupacional ou não, ou parto;

Mudança de Função

Dever ser realizado antes da data da mudança da função, desde que tenha alteração de atividade ou posto de trabalho que implique na exposição do trabalhador, a risco diferente daquele a que estava exposto antes da mudança;

Demissional

Deve ser realizado antes da homologação, se possível, até o último dia de trabalho do empregado, desde que o último exame médico (Admissional, Periódico, Mudança de Função, Retorno ao Trabalho) tenha sido realizado há mais de:

- 135 dias para as empresas enquadradas no grau de risco 1 e 2 e;

- 90 dias para as empresas de grau de risco 3 e 4, segundo a NR.4


Exames Complementares


Os exames complementares são realizados em laboratórios que complementam as informações através da anamnese e do exame físico que o médico precisa para decidir sobre a aptidão do funcionário que se submete a determinada função.

Exemplo: Audiometria, Raio-X, Hemograma, Fezes, Urina, etc.

Audiometria:

Exame que avalia a audição. É realizado por um fonoaudiólogo ou otorrinolaringologista. O paciente, no interior de uma cabine, é testado para sua audição. O resultado é expresso em um audiograma, que é um gráfico que revela as capacidades auditivas do paciente.

Exames Laboratoriais.